Loading...

Plus size pelo mundo: gordas ganham visibilidade na República Tcheca

Compartilhe!
2

Estamos sempre de olho em cada passo que o mercado plus size dá na jornada de crescimento e transformação que a mod tem vivido nos últimos anos. Enquanto o próprio Pop Plus crescia trazendo novos moldes e oportunidades, observamos eventos nascendo em todo o país mas ainda sentimos que no exterior ainda há uma certa resistência na criação de iniciativas como essa. 

No post de hoje mostramos o relato de Ana Liz, pedagoga, brasileira e gorda que teve a oportunidade de visitar um evento plus size na República Tcheca, onde vive atualmente. Confira:

“Ahoj! Dobry den!

Primeiro, que honra poder escrever contando um pouquinho da República Tcheca para vocês, obrigada, Flávia por abrir esse espaço!

Na última quarta-feira, dia 19/06, participei do meu primeiro evento de moda à convite de Anička. O evento foi organizado pela Katarína Krajčovičová. Eslovaca, gorda, que agora mora em Praga, e autora do blog XelleLife. Katarína compartilha a sua vida e de mulheres que, independentemente do seu tamanho, almejam espaço no mundo! Embora não se auto denomine parte de um movimento, ela busca a aceitação dos corpos livres, vivenciando desde pequena todos os preconceitos e desafios por ter um corpo gordo.

Katarína ganhou visualização na República Tcheca e foi convidada para alguns eventos de moda, porém, eles não incluíam tamanhos maiores. Foi entre convites e recusas, que a marca E.daniely repensou sua grade de tamanhos e concordou em incluir diferentes shapes em suas coleções. Foi nessa oportunidade que Katarína deu vida ao evento da última quarta-feira (19/06).

A moda na República Tcheca, bem como no Brasil, não é para todos, nós gordas temos pouco espaço e pouca visibilidade. Aqui não é diferente, não são em todas as lojas que conseguimos roupas com a nossa cara e com o nosso estilo. (Aliás, saudades, Pop Plus!) Embora aqui tenha uma impressão de liberdade sobre o corpo maior do que no Brasil, ainda encontramos uma moda para gordos mais limitada, com poucas estampas, cores e opções de modelos. Mas, aos poucos vamos nos espalhando pelo mundo e dizendo que podemos ser livres para usarmos o que quisermos!

No evento, observamos mulheres com corpos diferentes usando roupas para o cotidiano. A marca fez roupas pensando no dia a dia do verão, acompanhando o estilo do país. Eva Janoušková, designer e co-proprietária da marca de moda E.daniely, acredita que a beleza está em cada mulher e o que ela é, e não como seu corpo a define. Por isso, Eva decidiu aumentar a grade de tamanhos de sua marca, pensando nos detalhes de cada corpo, dessa forma ela abriria espaço para mais mulheres se sentirem bonitas.

Após o desfile, aconteceu uma roda de conversa sobre a beleza dos corpos e como a aparência afeta o sucesso de uma mulher. Estavam presentes, Lenka Šťastná, presidente da organização internacional Business and Professional Women, Klára Nevečeřalová, zoóloga e apresentadora da TV tcheca “Kočka není pes” (Tradução livre: Gato não é cachorro) e Jiří JN Svoboda, diretor executivo do Teatro Semafor em Praga. Mediado por Katarína, os convidados falaram sobre a importância das mulheres encontrarem beleza em si independente dos corpos e que, precisamos compreender que somos diferentes, e não necessariamente que o que é belo vem do corpo ou da forma que o corpo é, mas sim da forma que a mente vê.

Fotos: @aann_ic_ka

#plussizepelomundo Mora no exterior ou viajou para algum lugar e gostaria de mandar o seu relato sobre a moda plus size em outros lugares do mundo? Mande para o Blog do Pop Plus no e-mail contato@popplus.com.br! 😉