Fabiana Traven

Veja dicas de como vender suas roupas para brechós

Praticar o desapego de peças que estão paradas no guarda-roupa é uma excelente maneira de promover um consumo mais consciente e estimular a economia local. Mas afinal, você sabe como selecionar itens para vender em brechós?

Para ajudar quem quer passar adiante itens parados e até ganhar um dinheiro extra Fabiana Traven, criadora do Vila dos Achados, e Juma Mascarenhas, do Marruá Brechó, contam um pouco como elas fazem a curadoria das peças e trazem algumas dicas sobre o que é importante observar na hora de selecionar os itens e fazer a moda circular.

Atuando desde 2016, Fabiana Traven iniciou no mercado com a loja Plus For You Rouparia, onde vendia roupas novas e usadas. Hoje, possui um brechó com grande variedade, atendendo até a numeração 54.

Já a Juma Mascarenhas conheceu o universo dos brechós em 2010 a partir de uma pesquisa de figurinos e acabou virando fã. A paixão virou blog e depois virou negócio especializado em moda plus size, com uma grade de tamanhos que vai do 44 ao 60.

As duas são expositoras da Feira do Brechó Plus Size do Pop Plus que acontece no dia 7 de abril, domingo, das 11h às 18h, no Cine Reag Belas Artes com entrada gratuita.

COMO SELECIONAR OS ITENS PARA VENDA

Primeiramente, é preciso entender que o brechó vai repassar essa peça e ela precisa estar em um bom estado. “Por exemplo, não pode estar furada, nem rasgada, nem puída. O tecido tem que estar bom, não pode estar desgastado, desbotado. e também tem o básico de estar higienizado, cheiroso e limpo”, destaca Juma Mascarenhas, do Marruá Brechó.

Juma Mascarenhas, do Marruá Brechó - Foto: Camila Rocha/Equipe Pop Plus
Juma Mascarenhas, do Marruá Brechó – Foto: Camila Rocha/Equipe Pop Plus

“Acima de tudo, nossa cultura não está acostumada a comercializar itens usados, então, por hábito, quando as pessoas pensam em desapegar em um brechó, a primeira seleção que fazem é das peças que não usam mais por estarem gastas ou por não servirem mais. Recebemos diariamente peças para avaliar e enfrentamos muitas dificuldades na hora de selecionar”, aponta Fabiana Traven.

“No Vila dos Achados, examinamos cada detalhe; desde a higienização até a integridade física do material. Avaliamos se há defeitos de uso, como fios puxados, descosturas, pequenas manchas, falta da etiqueta de composição ou da marca. Tudo isso é importante para garantir que a curadoria seja impecável”, completa Fabiana.

Apesar disso, mesmo que a roupa esteja em bom estado de conservação, há fatores que podem impedir a compra. Juma Mascarenhas explica: “Um dos grandes desafios na hora da compra de peças é alcançar um equilíbrio em que o valor seja interessante tanto para a pessoa que está vendendo quanto para o brechó. Por exemplo, se comprarmos uma peça avaliada em vinte reais, temos todo um custo logístico que precisa ser adicionado ao preço da peça. ;isso muitas vezes pode inviabilizar a compra, pois o valor final pode não ser atrativo para o público-alvo  Isso é algo que precisamos levar em consideração.”

COMO OS BRECHÓS COMPRAM AS PEÇAS PARA SEUS ACERVOS

Cada brechó tem seu próprio método para selecionar os itens que estarão disponíveis em suas araras e canais de comunicação. Na Vila dos Achados, isso acontece de duas formas: através de compra e troca.

Fabiana Traven

 

Fabiana Traven, criadora do Vila dos Achados – Foto: Robson de Paiva Leandro/Equipe Pop Plus

No sistema de compra, o cliente realiza um cadastro em nosso site detalhando seus itens. É necessário ter um mínimo de 20 peças. Depois de concluir o cadastro, as peças são enviadas ou retiradas no local e passam pela curadoria. Nesse sentido, ao optar pela consignação, conforme as mercadorias são vendidas, o cliente recebe o valor correspondente em dinheiro ou como crédito + cash back para usar em compras na loja. As peças rejeitadas podem ser retiradas ou automaticamente destinadas para doação para uma de ONGs parceiras.

Na modalidade de troca, basta agendar um horário com a equipe da Vila dos Achados para avaliação. Isso gera um crédito para ser utilizado em compras. Todos os termos podem ser acessados no site do brechó.

No Marruá Brechó, Juma explica que, no momento, não está adquirindo ou aceitando peças em consignação devido ao amplo estoque que precisa ser gerenciado. “Antes de mais nada, há uma grande demanda de pessoas interessadas em consignar ou vender suas peças, mas no momento não estou conseguindo aceitar novos itens, pois é necessário priorizar a gestão do estoque existente.”

5 DICAS ESSENCIAIS

1. Em primeiro lugar, separe todas as peças que você não usa mais e que ainda estão em ótimo estado para fazer uma triagem inicial;

2. Peças separadas? Ótimo! Hora de higienizar os itens antes de levar para um brechó ou fazer doação;

3. Avalie minuciosamente para ver se depois da lavagem o estado de preservação do item permanece. Verifique se a peça apresenta sinais que podem prejudicar sua aceitação: bolinhas por atrito de excesso de uso, desbotamento do tecido, descosturados ou esgarçamento da costura, falta de botões, manchinhas por tempo de guardado, manchas por lavagem incorreta, manchas de gordura, buracos e fios puxados, colarinhos com manchas ou desgaste de uso, materiais em couro ecológico em processo de descamação ou trincos, zíper com defeito, lycra em processo de esgarçamento, tecido de revestimento interno em processo de deterioração.

4. Separe as peças pensando se elas possuem potencial de compra;

5. Estabeleça o valor dos itens de forma individual ou coletiva tendo em vista o que cada brechó recebe.

Gostou das dicas? Conheça brechós plus size e consuma de forma sustentável na Feira do Brechó Plus Size do Pop Plus!

🔊 Feira do Brechó Plus Size do Pop Plus
Quando: 7 de abril, domingo, das 11h às 18h
Onde: Cine Reag Belas Artes (R. da Consolação, 2423 – Consolação – São Paulo/SP – Metrô Paulista)
Quanto: ENTRADA GRATUITA

 

Marcas plus size com tamanhos acima do 60 Guia de compras: Marrom é a cor da vez! Novidade no Pop Plus! Veja as marcas que estreiam em junho Fabiana Karla vira Miss em novo filme Guia de Compras- vermelho carmim, a cor do inverno 2024 Raio-X do estilo de Castorine A comédia feminista da Babu Carreira Guia de Compras: Camisa branca de alfaiataria Modelo VITTU fala sobre seu retorno à música LollaBR: veja 13 looks marcantes