Loading...

Braços gordos: fotógrafa discute nossa relação com eles

Compartilhe!
2

Braços Gordos é o nome do projeto criado fotógrafa Camila Rocha a partir de uma ideia surgida dentro do próprio Pop Plus. Porque em ocasiões assim fica claro como as redes dão uma falsa sensação de aceitação quando o assunto é auto-imagem.

A verdade é que, para além da lacração, ainda lidamos constantemente com a pressão dos famigerados padrões estéticos. Portanto muitas de nós ainda ficamos sujeitas a passar calor, deixar de vestir certas roupas ou de viver experiências. Isso pelo formato do nosso corpo, nesse caso mais por conta do formato do nossos braços.

Assim, desde fevereiro deste ano, Camila começou a desenhar os frames e sabia que naquele ponto o projeto seria feito de autorretratos. Mais tarde ela fez aulas de bordado em fotografia e decidiu que esse tipo de intervenção seria parte da estética do trabalho.

Braços livres

“Durante anos cobri meu corpo com tudo o que podia, sobretudo os meus braços. Verão na praia de calça jeans e manga longa. Regata e alcinha nem pensar… ‘E esse braço de polenteira, aí?’. Dietas malucas de goiabinha 90k cal e suco de limão na adolescência. A barriga era um problema mas os braços gordos entregavam tudo. São a linha de frente. Me compreender como mulher preta e gorda foi um processo dolorido, orgânico e libertador. Nada acontece de um dia para o outro e ainda me encontro em inúmeros processos de descoberta e aceitação. Mas os meus braços não são mais um empecilho”, explica a fotógrafa.

Um mês após lançar lançar o projeto, Camila recebeu o apoio da Brava (coworking só para mulheres e centro cultural) para expor seu trabalho.

Hoje a fotógrafa chegou a uma conclusão: “Hoje entendo a importância dos meus braços e o que eles simbolizam pra mim. Tenho neles impressas as mais diversas cicatrizes e tudo que me trouxe até aqui. Meus braços são fortes e me sustentam: trabalho, crio, aprendo, alimento, abraço, amo, me dou prazer”.

Agora, para onde exposição Braços Gordos vai? Falaremos assim que outra exposição acontecer, a ideia está só começando. Enquanto isso, seguimos com essa reflexão pertinente – e você pode ver a Camila no Pop de Dezembro, quando ela fotografa o evento.

Siga o perfil profissional da Camila no instagram e visite o site do projeto Braço Gordo.