Loading...

Inverno com muito estilo: aprenda a diferenciar os vários tipos de casacos

Compartilhe!
5

Já chegamos ao mês de agosto mais ainda temos um mês e meio de inverno pela frente. Algumas marcas já começaram a apresentar suas coleções para a temporada primavera/verão, mas a verdade é que ainda estamos em busca de blusas quentinhas para garantir o conforto tanto nos dias de trabalho, quanto para os momentos de lazer.

Assim como qualquer outro item do seu guarda roupa, as peças de inverno também carregam uma vasta história na indumentária de moda. Neste post reuni alguns itens curiosos sobre o surgimento de algumas peças da estação e assim como no nosso post sobre tipos de saia, além de algumas dicas sobre como usar cada peça.

Jaqueta esportiva

ChicaBolacha

Nossa primeira experiência com esse tipo de jaqueta aconteceu na escola, como parte do nosso uniforme. Geralmente feitos em helanca (que seca mais rápido e dura muito mais do que outros tecidos) eram perfeitos para prática de atividades físicas ou para quem está em fase crescimento correndo pelo pátio da escola. Porém marcas como a Adidas fizeram desse modelo um item cobiçado e várias marcas seguiram pelo mesmo caminho.

Você pode optar pelo modelo básico que lembra o uniforme da escola (referências vintage sempre são bem vindas) ou pode escolher um modelo feito por marcas esportivas. Mas se você curte jaquetas esportivas, vale a pena pesquisar um pouco mais, pois acabará encontrando modelos como esse da ChicaBolacha, com estampas diferenciadas, feito na medida para fashionistas.

Jaqueta jeans

Clamarroca Plus

Um dos modelos de jaqueta mais atemporais sem dúvida é a jaqueta jeans. De tempos em tempos ela dá uma sumida, mas sempre reaparece nas passarelas e principalmente no stree tstyle. Ela foi popularizada em looks rebeldes da década de 1950 e até hoje cumpre muito bem esse papel, exigindo poucos detalhes de acabamento (ou a falta dele) para ser um item rock’n’roll.

Essa é uma peça excelente para dias de meia estação, mas a verdade é que ela nem precisa de um clima específico para sair do nosso armário. Ela é perfeita para equilibrar looks mais ousados e pode te ajudar a criar uma silhueta mais definida, bem como desconstruí-la.

Perfecto

Vintage&Cats

Criada para motqueiros em 1928 pela marca Schott NYC, a jaqueta perfecto, assim como a jaqueta jeans, virou símbolo da rebeldia jovem na década de 1950. Já é um clássico do guarda roupa feminino e ganha versões cada vez mais glam com tachas e ilhoses, sempre com uma pegada underground. Se você curte um look mais clássico, pode usar o modelo para trazer um pouco de contraste em produções ultra femininas.

Trench coat

Asobi Mode Japan

#FunFact É só observar as características dessa peça que você perceberá que ela já nasceu como algo pensado na praticidade. O trench coat surgiu como um casaco para os soldados britânicos usarem durante a Primeira Guerra Mundial. Ele era feito de gabardine (hoje em dia essa escolha de tecido ainda é muito comum), seus botões e seu cinto serviam para garantir uma proteção maior da chuva e o comprimento dele foi criado pensando em evitar que água entrasse nas botas dos soldados. Quando voltavam para casa os soldados encurtavam os casacos e passavam a usá-los no seu dia a dia.

Moletom

FALA

#FunFact O termo sweatshirt surgiu em 1925 para descrever uma blusa sem colarinho, de mangas longas, mais ampla que um cardigan e feita em moletom de algodão. No início era sempre feita em cinza e era usado como parte do uniforme de atletas, justamente porque ele protegia do frio mas também absorvia bem o suor durante os exercícios. Com o tempo passou a ganhar capuzes e bolsos canguru.

Maxi moletom

Rainha Nagô

Uma versão alongada e um pouco mais ampla do que o moletom tradicional, essa peça pode ser usada até mesmo como vestido. A moda tem revisitado muito as possibilidades que o moletom pode trazer e além disso temos a tendência do athleisure e o swag, que continua ganhando espaço até mesmo entre as Kardashians.

Bomber

Oh!Querida

#FunFact A jaqueta bomber que temos cobiçado já há dois invernos, surgiu como uma jaqueta para aviadores, usualmente como vestimenta de pilotos militares.

Parka

Elegance All Curves

#FunFact A parka foi um dos itens mais cobiçados da estação, mas você sabia que quando ela surgiu, era feita com matéria prima proveniente de baleias, focas e renas?

Quimono

Lara Luiza Plus

O quimono é a peça ideal para a transição entre inverno e primavera. E perfeito para os look do dia a dia na cidade, mas também podem ser feitos em tecidos finos e nesse caso são perfeitos para compor looks para ocasiões especiais. O modelo mais curto é perfeito para usar com calças, ajudando a trazer um pouco mais de informação de moda para o look. O modelo mais longo também combina bem com calças, e se você sentir que a modelagem reta ampla não te favorece use um cinto ou amarre uma faixa na altura da cintura.

Maxi cardigan

Rouge Marie

É uma versão mais alongada do cardigan, é perfeito para trazer um pouco de charme para um look cotidiano. Como ele é soltinho e reto não marca muito a silhueta, em uma cor básica pode neutralizar um look com estampas mais ousadas. E também funciona da forma oposta, em uma cor vibrante é perfeito para trazer vida para um look mais básico como o combo jeans + tshirt.

Pelúcia

Vangá

Essa peça pode ser feita com diferentes tipos de pelúcia. Em alguns modelos veremos uma modelagem mais discreta e pelúcias em tons neutros e sem brilho. Se você gosta de ousar, as opções com pelúcias mais longas, em cores chamativas ou com brilho são indispensáveis, corre que o inverno ainda não acabou e você ainda pode arrasar com esse look! Fica lindo com peças mais ajustadas por baixo, um vestido é sempre uma boa opção, mas ela vai ganhar contraste combinada com uma calça skinny com acabamento destroyed.

Blazer

Bazi

A maioria das peças que vimos nessa lista surgiram para atender necessidades masculinas. Felizmente hoje vivemos um momento em que as barreiras de gênero na moda estão sendo quebradas! Uma boa dica na hora de comprar o seu blazer sem perder o bom caimento é garantir que as mangas não ultrapassem o punho, que a frente fique reta e que mesmo que você nunca use-o fechado, você consiga abotoá-lo. Na hora de provar, erga os braços para cima e para frente, se o blazer não conseguir acompanhar os movimentos, o tamanho está errado e você ficará desconfortável com ele.

#FunFact Assim como era de se esperar o termo blazer surgiram na Inglaterra como parte do uniforme de um clube de regatas do Lady Margaret Boat Club em 1825, onde tradicionalmente eles eram usados sempre na cor vermelho.

Manteau

Bold (Flaminga)

Também conhecido como Mantô, trata-se de uma capa longa até parecida com os trench coats, geralmente feito de lã fina, mas modelos em malha também são bastante comuns.  É uma peça de corte reto e bem minimalista, perfeita para sobrepor um vestido em um dia mais fresco.

Corta vento

 

Wondersize

Essa peça também é conhecida como windbreaker ou windcheater. A jaqueta corta-vento é leve e feita na maioria das vezes em nylon impermeável, com forro sem enchimento, justamente porque sua função não é proteger do frio e sim do vento ou da chuva. Ela não precisa ter necessariamente sempre o mesmo design, podendo ser  toda fechada com bolso canguru ou com zíper na frente, capuz também é opcional e muitas vezes destacável.

Suéter

Wee Fashion Curves

O suéter é diferente do cardigan por ser uma peça fechada. É mais leve e pode ser usado em para compor sobreposições. A lã pode receber tipos de diferentes de tramas o que significa que sua textura pode variar, ele também pode ter espessuras diferentes. Para invernos tropicais como o nosso é um curinga no guarda roupa e você ainda pode escolher entre modelos de gola alta, transpassados ou com o decote em V que dará destaque para o seu rosto e alongará o seu torso.

Cardigan

Kalanchoê Tricotaria

#FunFact O cardigan originalmente foi criado como uma peça masculina. Ele surgiu em 1834, quando os soldados britânicos sentiram a necessidade de usar uma peça a mais para se manterem aquecidos durante a Guerra da Crimeia.