Loading...

Robson Leandro fala sobre sua trajetória cobrindo o Pop Plus através das lentes

Robson Leandro (Foto: Felipe Mariano)

Já falamos sobre o sucesso da 19ª edição do Pop Plus, edição em que comemoramos 5 anos desde seu surgimento no bairro do Bixiga, em São Paulo. Como em todas as outras edições, o evento contou com muitas atrações, presenças ilustres e até maior diversidade entre seus frequentadores, o que significa que o Pop Plus e tudo o que ele representa está alcançando novos espaços. Dessa vez a feira contou com uma exposição das fotos feitas por Robson Leandro da Silva, nosso fotógrafo oficial há 3 anos.

A trajetória de Robson como fotógrafo, que começou a levar a carreira de forma mais séria a partir de 2012, se mistura com a do Pop Plus. Como muitos, ele começou sua jornada atrás das câmeras fotografando festas e casamentos. Chegou até o evento após ser marcado em um post feito pela produtora Flávia Durante em busca de um profissional para cobrir a sexta edição, que aconteceu em um sobrado da Rua Oscar Freire.

Para ele, a parte mais bacana da cobertura do Pop Plus é documentar um evento que aparentemente é uma feira de moda mas que também é uma ação de inclusão muito poderosa. Não só para pessoas gordas, mas para negros e a comunidade LGBTQ, entre outros.

Perguntado se existe uma parte mais difícil, Robson responde: “Escolher as fotos de forma que conte a história de cada edição sem ser repetitivo. Já são mais de três anos fotografando, e é desafiador porque o Pop Plus cresce a cada edição. Então preciso me reinventar sempre.”

É claro que, ao fotografar um evento com esse porte, um profissional enfrenta várias situações, algumas até inusitadas. Mas para Robson o que é mais marcante é a mudança de comportamento entre os frequentadores: “Um fato que sempre gosto de lembrar e que se confunde com a história do próprio evento, era a resistência que a maioria das mulheres tinham em ser fotografadas. Na primeira edição que cobri, o que eu mais ouvi foi “Moço, não me fotografa por favor? Tenho vergonha!”. Hoje sou cobrado até por inbox por pessoas que dizem “Poxa, eu nunca apareço nas fotos do Pop Plus“. Acho que isso demonstra a importância do trabalho da Flávia: pessoas que antes se escondiam agora querem aparecer.”

Para Robson, a decisão de fazer uma exposição com as fotos que mais gostou de ter clicado durante seus três anos cobrindo o evento foi muito especial, mas escolher o que seria exposto foi desafiador: “Olhei mais de 5 mil fotos para escolher pouco mais de 40 e tentar dar o máximo de coerência a essa escolha.”

Se você não pôde comparecer a 19ª edição do Pop Plus e ver de perto a exposição, veja aqui, com exclusividade, as fotos que foram expostas:

Veja a agenda 2018 do Pop Plus